Estudo da Fed revela que tarifas de Trump estão a prejudicar economia dos EUA

Trump promete recuperar a indústria produtiva com tarifas. Um estudo da Reserva Federal revela que o presidente norte-americano fez o contrário.

Donald Trump tem prometido, ao longo do seu mandato, recuperar a indústria produtiva dos Estados Unidos, através do recurso a taxas alfandegárias punitivas à concorrência estrangeira.

Mas, um novo estudo da Reserva Federal norte-americana (Fed) indica que os seus esforços lhe saíram ao lado - o estado do setor produtivo está pior do que antes das políticas protecionistas de Trump entrarem em ação, escreve a Vox.

Aaron Laaen e Justin Pierce, ambos economistas e autores do estudo, - que descrevem o documento como "as primeiras estimativas abrangentes do efeito das recentes tarifas sobre o setor produtivo dos Estados Unidos" -, defendem que quaisquer benefícios das políticas protecionistas foram mais do que anulados pelas tarifas de retaliação dos concorrentes internacionais.

Como resultado este setor perdeu postos de trabalho e viu os preços aumentarem para os consumidores.

"Achamos que o impacto do canal tradicional de proteção das importações é anulado no curto-prazo pela redução da competitividade que advém da retaliação e dos maiores custos das indústrias adjacentes", afirmam os autores.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias