EDP junta-se à UVE e à ChargeUp para acelerar mobilidade elétrica

Facilitar a transição energética é o objetivo das parcerias com a UVE e com a ChargeUp, que coloca a EDP numa rede europeia com mais de 160 mil postos de carregamento.

A EDP acaba de fechar mais dois acordos com uma associação nacional e uma internacional com vista a acelerar a transição para a mobilidade elétrica. Alcançar a neutralidade carbónica em 2050 é um "enorme desafio a que nenhuma empresa sozinha consegue responder", justifica o administrador da EDP Comercial, António Coutinho. E essa é a razão por que a operadora se junta agora a mais dois grandes parceiros - a UVE, Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, e a ChargeUp, organização europeia que representa empresas de infraestruturas de carregamento de veículos elétricos.

Se, por um lado, a colaboração com a UVE tem como um dos objetivos desenvolver produtos e serviços que os clientes necessitam para adotar a mobilidade elétrica, a parceria com a ChargeUp Europe assume especial importância na promoção da rede de mais de 160 mil postos de carregamento distribuídos pelos 27 países da União Europeia.

A EDP Comercial vai lançar em breve campanhas e benefícios no que toca às soluções de energia dentro e fora de casa para os associados UVE. Pretende-se facilitar, por exemplo, o carregamento de veículos, na estrada ou nas habitações, assim como promover ações conjuntas com a UVE para apoiar os clientes na transição de uma condução a combustão para uma experiência mais eficiente e sustentável.

De acordo com a EDP, esta parceria surge também para melhorar a informação e esclarecer os utilizadores de veículos elétricos sobre a mobilidade elétrica, bem como perceber melhor as suas necessidades para desenvolver novos produtos e serviços.

A UVE, organismo sem fins lucrativos, atua em diversas áreas, da oferta de veículos elétricos à venda em Portugal, passando pelas inovações apresentadas pelo mercado, até à realização de encontros, conferências e ações de formação sobre estas matérias. "Sendo a mobilidade elétrica uma peça fundamental da transição energética, desenvolvermos uma parceria estratégica com a associação que representa os utilizadores de veículos elétricos é um passo-chave na nossa estratégia de aceleração da transição energética", afirma António Coutinho.

Henrique Sánchez, presidente do conselho diretivo da UVE, destaca, por seu turno, que o acordo, agora fechado, já estava no horizonte e aconteceu no momento certo: "Neste ano de 2020 em que vamos comemorar cinco anos de atividade, era um dos objetivos da nossa associação realizar uma parceria estratégica que nos permitisse consolidar a UVE, criar melhores condições para trabalhar e receber os nossos associados, facilitar a realização de reuniões com as várias entidades ligadas à mobilidade elétrica, assim como atingir os objetivos que definimos para este ano."

Igualmente importante - salienta o responsável - são as vantagens que os associados poderão beneficiar no carregamento dos veículos elétricos, no consumo de energia elétrica nas suas casas, na aquisição de equipamentos de carregamento em casa ou no condomínio e ainda o "conjunto de inovações" que será desenvolvido em colaboração com a EDP Comercial.

O novo membro da ChargeUp

A parceria com a UVE surge no momento em que a EDP se torna também membro da ChargeUp Europe, sendo a primeira empresa portuguesa a juntar-se a esta associação. Sediada em Bruxelas, esta aliança foi criada com o objetivo de acelerar a transição para uma mobilidade mais limpa, com zero emissões de carbono, e ainda facilitar o acesso dos utilizadores a infraestruturas de carregamento modernas e de qualidade.

Atualmente, a ChargeUp Europe é composta por três fundadores - Allego, ChargePoint e EVBox - e ainda pela EDP, evway, Fastned, GreenWay e has.to.be, representando mais de 160 mil postos de carregamento na Europa.

Para a presidente da EDP Comercial, Vera Pinto Pereira, a decisão de entrar nesta organização europeia reflete a estratégia da empresa que, através de um conjunto de colaborações, quer reforçar a resposta à "ambição de liderar" a transição energética. "É o caso desta aliança com a ChargeUp para, a nível europeu, procurar eliminar barreiras à adesão da mobilidade elétrica e, a nível nacional, da parceria com a UVE, reconhecendo o seu papel-chave junto dos utilizadores de veículos elétricos", remata Vera Pinto Pereira.

Veja tudo sobre mobilidade e o Portugal Mobi Summit em www.portugalms.com.

Mais Notícias