Deficiência. Peritos aconselham troca de benefícios fiscais por outros apoios

Grupo de trabalho de revisão de benefícios fiscais entende que apoios chegarão a mais pessoas, mas alguns fiscalistas discordam.

Os benefícios fiscais em IRS aos portadores de deficiência são um exemplo de medidas que implicam despesa fiscal que o governo deveria considerar substituir por apoios diretos, defende um grupo de peritos que ontem apresentou vários recomendações para a revisão do atual quadro de isenções, deduções e reduções de taxas. Mas a hipótese é rejeitada por alguns fiscalistas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG