Crescimento da reabilitação urbana enfrenta "tendência de moderação"

O nível de atividade de reabilitação urbana manteve em outubro a tendência de crescimento, mas com taxas mais moderadas.

A atividade de reabilitação urbana registou em outubro um crescimento de 18,2%, em termos homólogos, confirmando a “tendência de moderação, verificada nos últimos três meses”, avançou esta quinta-feira a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG