Commerzbank: "Seria um erro fingir" que Portugal resolveu problemas

"Quando as taxas de juro voltarem a subir, Portugal deverá estar entre os países da zona euro que serão mais afectados"

Portugal ainda tem de encontrar soluções duradouras para os seus problemas, como o elevado endividamento e dependência do Banco Central Europeu para manter baixos os custos de financiamento do país, diz o economista Ralph Solveen, do Commerzbank.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG