Certificado energético pode valer mais 10% no valor da casa

A certificação energética está a crescer em Portugal, diz a Deco e a ADENE. Documento vale benefícios fiscais no IMI e IMT.

Os pedidos de certificados energéticos estão a aumentar, diz a Deco, muito à boleia do boom no setor da construção e reabilitação urbana. A ADENE – Agência para a Energia comprova este cenário: em 2017 foram emitidos mais de 200 mil certificados por peritos qualificados que resultaram numa redução dos consumos de energia estimada em 73 milhões de euros por ano.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG