Autoeuropa: Carta aberta aos parceiros irrita CGTP

O ex-presidente do CES pediu aos parceiros sociais para tomarem posição sobre a postura da CGTP na Autoeuropa. A central não gostou.

Inaceitáveis e intoleráveis. Foi desta forma que a CGTP respondeu à carta aberta que Silva Peneda, ex-ministro do Trabalho e da segurança social dos governos de Cavaco Silva e antigo presidente do Conselho Económico e Social (CES), enviou aos parceiros sociais pedindo-lhes para "tomarem uma posição clara sobre a postura da CGTP no processo da Autoeuropa e da própria concertação social".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG