Alemã BASF vai cortar 6.000 postos de trabalho até 2021

A fabricante alemã, presente em Portugal, quer poupar 300 milhões de euros com reestruturação.

A alemã BASF, fabricante de produtos químicos, anunciou que vai suprimir 6.000 postos de trabalho até 2021, no âmbito do processo que denominou “realinhamento organizacional”, que vai permitir uma poupança de quase 300 milhões de euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias