Vitória polémica do Marítimo em Vila do Conde

O Paços de Ferreira deixou a zona de despromoção da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da 15.ª jornada.

O Marítimo venceu este domingo em casa do Rio Ave, por 1-0, em jogo da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. Um jogo polémico (teve dois golos anulados pelo VAR) e decidido por uma grande penalidade.

Getterson, aos 82 minutos, marcou o único golo da partida, permitindo ao Marítimo somar pela primeira vez esta temporada duas vitórias seguidas e subir ao 12.º lugar, com 18 pontos.

O Rio Ave, que viu dois golos anulados pelo videoárbitro, mantém-se na sétima posição, com 19 pontos.

Já o Paços de Ferreira deixou a zona de despromoção da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da 15.ª jornada.

Bruno Santos, aos 15 minutos, marcou o único golo dos pacenses, que somaram pela primeira vez esta temporada duas vitórias seguidas no campeonato e subiram ao 16.º lugar, com 14 pontos, atirando o Portimonense para a 17.ª posição, primeira abaixo da linha de água.

O Moreirense, que estreou Ricardo Soares no comando técnico, caiu para a 13.ª posição, com 18 pontos.

Quanto ao Tondela e ao Gil Vicente empataram a um golo (1-1), em jogo da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, em que os beirões desperdiçaram uma grande penalidade.

Em Tondela, Ricardo Alves colocou os beirões em vantagem aos cinco minutos, mas, aos 15, Baraye empatou para os barcelenses, antes de Pepelu, aos 56, desperdiçar uma grande penalidade.

Com este resultado, o Tondela mantém-se na 10.ª posição, com 19 pontos, mais um do que o Gil Vicente, que subiu ao 11.º posto.

Mais Notícias