Sp. Braga vence Besiktas e está quase apurado. Veja os golos

Dois golos de Paulinho e outro de Wilson Eduardo deixaram os bracarenses a um ponto do apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa, para o qual já estão apuradas cinco equipas.

O Sporting de Braga está a um pequeno passo de garantir o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa, depois de ter recebido e vencido esta quinta-feira os turcos do Besiktas, por 2-1.

A equipa treinada por Ricardo Sá Pinto é líder do grupo K, com 10 pontos, bastando-lhe fazer um ponto nas duas jornadas que faltam para fazer a festa.

Os bracarenses chegaram cedo à vantagem com um golo de Paulinho, a passe de Nuno Sequeira, aos 14 minutos, mas o ex-vimaranense Tyler Boyd conseguiu o empate para os turcos pouco depois.

O final da primeira parte foi importante para o desfecho da partida pois, Paulinho bisou aos 36 minutos e muito perto do apito para o intervalo o avançado holandês Jermain Lens foi expulso, deixando o Besiktas reduzido a dez jogadores.

No segundo tempo, já com o português Pedro Rebocho em campo, o Besiktas acabou por não conseguir dar a volta à desvantagem, tendo os bracarenses desfeito todas as dúvidas aos 81 minutos, com um golo de Wilson Eduardo a aproveitar um passe de Galeno.

No outro jogo do grupo, o Wolverhampton venceu o Slovan Bratislava por 1-0, graças a um golo de Raúl Jiménez aos 90+2 minutos. A equipa de Nuno Espírito Santo, que contou no onze com Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho, Rúben Vinagre e Pedro Neto, está na segunda posição com nove pontos menos um que os bracarenses.

Nas outras partidas desta 4.ª jornada da Liga Europa, a Roma de Paulo Fonseca foi derrotada na Alemanha com o Borussia Mönchengladbach, por 2-1, estando agora na terceira posição do grupo J, com os mesmos cinco pontos dos alemães mas com desvantagem no confronto direto, e a dois pontos dos turcos do Basaksehir, que lideram.

Refira-se ainda que esta quinta-feira já garantiram o apuramento para os 16 avos-de-final o Sevilha, Celtic, Manchester United, Espanyol e Basileia.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.