Oficial: De Braga para o Barcelona. Trincão, o jovem craque que vai jogar com Messi

Jovem jogador rende 31 milhões de euros ao Sp Braga e só se muda para o Barcelona na próxima época. O clube da Catalunha colocou-lhe uma cláusula de rescisão de 500 milhões de euros.

Está confirmado e é o maior negócio da história do Sporting de Braga. O Barcelona confirmou oficialmente nesta sexta-feira a contratação de Francisco Trincão, jovem de 20 anos do clube minhoto, por 31 milhões de euros. O futebolista, contudo, vai manter-se ao serviço dos arsenalistas e só se muda para a Catalunha na próxima temporada. Mais um detalhe: Trincão vai ficar com uma cláusula de rescisão de 500 milhões de euros. No plantel do Barcelona só dois jogadores estão blindados por valores mais altos: Lionel Messi (700 milhões de euros) e Antoine Griezmann /800 milhões).

Tal como o DN noticiou na quinta-feira, o negócio foi conduzido pelo empresário português Jorge Mendes. Trata-se da maior venda de sempre dos minhotos, dobrando o valor de Rafa para o Benfica, por 16, 4 milhões de euros em 2016.

A Juventus também esteve interessada, mas não passou dos 20 milhões de euros, enquanto a Sampdoria só ofereceu 11 milhões de euros. Ainda se falou no Benfica, mas o clube da Luz desmentiu.

O Mahrez do Minho

Francisco António Machado Mota Castro Trincão ou simplesmente Trincão deu-se a conhecer no Euro Sub-19 na Finlândia, em 2019. Foi o melhor marcador do europeu (a par de Jota). Natural de Viana do Castelo, começou no Sport Clube Vianense (o mais antigo clube de Portugal), mas o talento já era maior que a idade e tentou a sorte no FC Porto. "O Francisco era um miúdo muito simpático que estava sempre bem disposto. Além disso, mostrava uma enorme vontade de aprender. Era franzino, mas tinha um pé esquerdo que não enganava", lembrou com orgulho, o treinador João Branco em declarações ao Maisfutebol.

Os pais levaram-no de Viana do Castelo até ao Olival, mas a experiência nos dragões nem uma época desportiva durou. O motivo ainda hoje é uma espécie de tabú. O pai, Gonçalo Trincão, pediu ao FC Porto para libertar o filho e depois de muito insistir conseguiu que ele voltasse a Viana do Castelo... até ser recrutado pelo SP. Braga. Foi na formação da Pedreira que cresceu para o futebol. Jogou nos sub-15, sub-17 e equipa B até ser chamado à equipa principal e à seleção sub-19.

Em 2015, depois de se estrear pela equipa B, frente ao Freamunde, pela mão de Abel Ferreira, então com 16 anos, assinou contrato profissional (até 2021). Foi o mais jovem jogador a ter um contrato profissional na história do Sp. Braga e também a maior cláusula de rescisão da história do clube: 30 milhões de euros. Depois disso alternou os jogos na equipa de juniores e equipa B até ser chamado ao plantel principal.

A estreia do avançado de 20 anos na equipa principal do Sp. Braga deu-se a 28 de dezembro de 2018, diante do Vitória de Setúbal, para a Taça da Liga. No entanto, foi no ano de 2019 que este se mostrou em pleno. Em 22 jogos, Trincão somou um golo e quatro assistências. Pelo meio foi ao Campeonato do Mundo de sub-20 e foi chamado aos sub-21. Chegou a ser eleito pela UEFA como um dos 50 jovens que maior atenção deverão merecer em 2020, ao lado dos compatriotas Fábio Silva, Florentino Luís, Rafael Leão, Tomás Tavares e Tomás Esteves.

Esta época já participou em 22 jogos e marcou três golos.

Quando começou a dar nas vistas, confessou "O jogador com o qual mais me identifico na forma de jogar é o Riyad Mahrez", contou, em entrevista ao Transfermarkt, admitindo que o seu ídolo é Cristiano Ronaldo e gosta de Neymar. Agora prepara-se para ir jogar ao lado de Messi.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG