Rúben Amorim: "Não é por estarmos em primeiro que vamos investir mais"

O treinador do Sporting garantiu que a liderança na I Liga não alterou o planeamento da época no que diz respeito a reforços, lembra que a época está no início e considera que a sua equipa não é a que melhor futebol pratica.

Rúben Amorim, treinador do Sporting, garantiu que liderança na I Liga não irá influenciar a forma como o clube irá atuar no mercado de transferências de janeiro. "Nós fazemos as coisas de forma planeada, com cabeça e com tempo, e não é por estarmos em primeiro que vamos planear algo diferente e investir mais ou menos. A ideia está muito clara e ninguém no Sporting está a pensar no mercado de inverno. Temos é de vencer, jogo a jogo", assumiu.

O técnico lembrou que só será possível manter o primeiro lugar "vencendo" o Vitória de Guimarães e lembrou que o objetivo é "sempre melhorar". "Vamos tratar as coisas com naturalidade, seja o grupo jovem ou experiente. Como tal, não interessa a classificação", argumentou, apesar de admitir que a motivação de estar na liderança é"sempre grande". "É bom estar na frente, mas isso vale o que vale", acrescentou.

Sobre o jogo deste sábado (20.30 horas) em Guimarães, Rúben Amorim lembrou que pela frente o Sporting terá "uma equipa completamente diferente na forma de jogar" em relação à época passada. "O Vitória era muito forte ofensivamente e menos forte na defesa, agora, parece que trocou. Tem um novo treinador, é uma equipa muito forte e com individualidades como o Quaresma ou Edwards que podem fazer a diferença. Mas o Sporting está preparado", disse.

O V. Guimarães chega a esta partida como a melhor defesa da Liga, com apenas três golos sofridos, algo que Amorim realça, embora diga que as armas da sua equipa vão ser "a ideia de jogo" que tem apresentado e "um ou outro ponto fraco" dos vimaranenses. "Temos jogadores de grande qualidade no onze e outros que podem sair do banco para mexer com o jogo. É assim que vamos tentar vencer", argumentou.

Questionado sobre se o Sporting pratica o melhor futebol no campeonato, Rúben Amorim foi taxativo: "Não concordo. Isso vê-se jornada a jornada. À segunda jornada era o FC Porto que ganhou 5-0 no Bessa. Depois foi o Benfica, depois o Braga. Agora já é o Sporting. Não ligo muito a isso." E nesse sentido lembrou que a época "ainda está no início", garantindo contudo que a força da sua equipa "está na união". "Obviamente que há muito talento, mas temos de continuar unidos e a jogar no limite", frisou.

Mais Notícias