Pinto da Costa sentiu-se mal na última homenagem a Reinaldo Teles

O histórico dirigente portista era amigo e braço direito do presidente do FC Porto e morreu na quarta-feira vítima de covid-19. Fonte do clube diz que o presidente teve uma indisposição, mas está bem e ira com a equipa aos Açores.

Pinto da Costa sentiu-se mal durante o cortejo fúnebre de Reinado Teles, tendo chegado a receber assistência.

Após o minuto de silêncio junto à porta 1 do Estádio do Dragão, o cortejo teve de ser interrompido devido a uma indisposição súbita do presidente do FC Porto, que seguia a pé juntamente com Sérgio Conceição e Pepe. Visivelmente emocionado o líder dos dragões foi encaminhado de imediato para o interior do estádio.

Fontes do clube explicaram à agência Lusa que Pinto da Costa teve uma ligeira indisposição, mas já está bem e pronto a acompanhar a equipa do FC Porto na viagem aos Açores, onde no sábado joga com o Santa Clara, na oitava jornada da I Liga.

"É normal que o presidente não se tenha sentido tão bem num determinado momento por esse conjunto de emoções a que está sujeito perante uma pessoa que conhecia há tantos anos [Reinaldo Teles] e fez um percurso conjunto com ele, em que conquistaram tantos títulos. Penso que está tudo bem com o nosso presidente", disse o treinador portista pouco depois.

Centenas de pessoas despediram-se esta sexta-feira do histórico dirigente portista, que morreu na quarta-feira, aos 70 anos, vítima de covid-19.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG