Nulo no Santa Clara - Aves. Ponto a ponto se foge à aflição

Guarda-redes do Aves e poste impediram açorianos de solidificar posição mais confortável e permitem à equipa de Inácio subir pelo menos um lugar

Bernardeau negou uma, duas, três, quatro vezes o golo ao Santa Clara, o poste outra, e o D. Aves garantiu um ponto precioso quando faltam nove jornadas para o fim da Liga. O 0-0 final dá um ponto a cada equipa na luta pela manutenção.

Mais confortáveis na tabela, os açorianos poderiam praticamente garantir a permanência em caso de triunfo. Passariam a somar 34 pontos, um desiderato que dificilmente vai ser obtido por três equipas (número de clubes que descem à II Liga). Bruno Lamas (duas vezes)

Só na primeira parte, o guarda-redes francês impôs-se a Bruno Lamas (29') e Francisco Ramos (38'), tendo depois a fortuna do seu lado quando Schettine atirou ao poste (42'). O Aves criava pouco perigo e a equipa de São Miguel ia tentando matar o jogo, mas não conseguia ultrapassar Bernardeau (como, de novo, o comprovou Bruno Lamas aos 75').

Com o nulo, o Santa Clara mantém-se com oito pontos de avanço sobre a primeira equipa em zona de descida (o Tondela visita esta tarde o Setúbal) e o Aves garante a subida, pelo menos, de um lugar. Dependendo do resultado do encontro no Bonfim até pode acabar a jornada, que iniciou no 14.º posto, no 12.º lugar. Com 25 pontos, tem um de avanço sobre sadinos e dois sobre beirões.

Consultar a classificação aqui.

Mais Notícias