Nélson Évora assume tristeza pelo momento que o Sporting atravessou

O atleta do triplo salto acredita que agora, sob a presidência de Frederico Varandas, o clube se vai reerguer.

Nélson Évora, atleta do Sporting e campeão olímpico do triplo salto, confessou este domingo que sentiu uma enorme tristeza com os episódios que marcaram os últimos meses do clube de Alvalade, mas acredita que o Sporting se vai reerguer.

"Fiquei triste, muito triste com toda a situação", afirmou Nélson Évora sobre o clima tumultuoso que o Sporting atravessou nos últimos meses, sob a liderança do agora ex-presidente Bruno de Carvalho, que foi quem o levou para Alvalade.

O atleta lembrou que "como qualquer outro clube, o Sporting não depende só de uma pessoa". "As várias pessoas que tomaram conta do Sporting estão a fazer um bom trabalho", considerou Évora, acrescentando acreditar que o clube vai sair "mais forte" desta fase.

Nelson Évora que, recorda que, ciclicamente, "o Sporting tem tido estas quedas", mas acredita que "o que está para vir será melhor". "Sei, até pela minha experiência, que quando nos reerguemos voltamos mais fortes, e acho que é isso que vai acontecer com o Sporting", frisou.

Sobre o relacionamento que tem mantido com o clube, Nélson Évora, que chegou ao Sporting em 2016, garante que o que se passou em nada afetou o seu trabalho. "Não houve qualquer contratempo. Acredito no projeto e estou com a equipa a 100%. Os atletas não sofreram qualquer tipo de problema e estamos focados em conquistar o título nacional e poder estar presentes na Taça dos Clubes Campeões Europeus de atletismo", terminou o atleta, que participou num debate a propósito do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG