Mourinho sofreu na Bulgária. Mas continua na Liga Europa

O Tottenham esteve a perder até 10 minutos do fim, mas duas expulsões e os golos de Kane e Ndombélé evitaram o escândalo perante o Lokomotiv Plovdiv.

O Tottenham, de José Mourinho, sofreu a bom sofrer para conseguir o apuramento na 2.ª pré-eliminatória da Liga Europa. É que na deslocação à Bulgária para enfrentar o Lokomotiv Plovdiv só nos últimos dez minutos e após a expulsão de dois jogadores adversários, conseguiu dar a volta ao resultado e vencer por 2-1.

Quando aos 71 minutos Georgi Minchev abriu o marcador para a equipa búlgara, o escândalo esteve perto de acontecer, mas sete minutos depois duas expulsões simultâneas, uma das quais do defesa português Dinis Almeida, que defendeu com a mão um remate dentro da sua área.

Do penálti correspondente, Harry Kane fez o empate e aos 90+2 minutos foi o francês Tanguy Ndombélé, após passe de Lucas Moura, a dar o triunfo ao Tottenham, que assim segue em frente na prova.

Mais Notícias