Liga francesa termina. PSG é declarado campeão

A Liga aprovou o final do campeonato devido à pandemia de coronavírus, depois da determinação apresentada pelo governo francês. O Paris Saint-Germain conquista o nono título de campeão.

O Paris Saint-Germain foi esta quinta-feira declarado campeão francês de futebol, após uma reunião da Liga em que foi aprovado o final do campeonato, dois dias depois de o governo francês ter declarado o fim da temporada futebolística por causa da pandemia de covid-19.

Nesta reunião ficou decidido que a classificação seria decidida através de uma média entre pontos conquistados e jogos realizados. Assim sendo, o PSG, que tinha 12 pontos de vantagem sobre o Marselha de André Villas-Boas, no momento da paragem do campeonato, foi declarado campeão pela nona vez na sua história e terceira vez consecutiva.

Além dos parisienses, ficam também qualificados para a fase de grupos da Liga dos Campeões o Marselha, que regressa a esta prova seis anos depois, e o Rennes, enquanto o Lille, de Renato Sanches, José Fonte, Tiago Djaló e Xeka irá à segunda pré-eliminatória da Champions.

Já o Nice e o Stade de Reims têm lugar garantido na próxima edição da Liga Europa.

Curioso é que o Lyon, onde joga o português Anthony Lopes, ficou no sétimo lugar, pelo que pela primeira vez desde 1993 fica fora das provas da UEFA. Também de foram ficam o Mónaco de Adrien Silva e Gelson Martins (9.º classificado), bem como o Bordéus, orientado por Paulo Sousa, que ficou em 12.º lugar.

Enquanto isso, Toulouse e Amiens são despromovidos ao segundo escalão, sendo rendidos por Lorient, que é campeão da Ligue 2, e pelo Lens, que também regressa aos escalão principal.

Este é, contudo, um processo que promete muita polémica, uma vez que, ainda antes da decisão desta tarde, o Toulouse admitiu apresentar um recurso. "Ainda não sabemos se vamos fazê-lo, mas reservamo-nos ao direito de recorrer", afirmou Olivier Sadran, presidente do Toulouse em declarações à AFP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG