Bruno Lage: "Pedi dez golos ao João Félix e ele disse que está a dever-me sete"

O treinador do Benfica assumiu que colocou "muita pressão" no avançado antes do jogo com o Eintracht. Sobre o jogo deste domingo com V. Setúbal disse que é mais uma final "para vencer"

O treinador Bruno Lage mostrou-se este sábado satisfeito pelo reconhecimento ao Benfica pela vitória frente ao Eintracht Frankfurt, para a Liga Europa, mas sublinhou que o pensamento está em vencer "mais uma final" na I Liga.

O triunfo a meio da semana, por 4-2, frente aos alemães deixou os encarnados mais perto das meias-finais da competição. "Vivemos no equilíbrio aqui dentro e no controlo das emoções, sabendo que quando vencemos não tudo está bem e quando perdemos não tudo está mal. O caminho faz-se de uma forma sempre equilibrada e todos gostamos de ser reconhecidos. Ficamos satisfeitos por isso e pela qualidade do nosso trabalho", afirmou o técnico das águias, em conferência de imprensa.

Tendo como objetivo principal ser campeão nacional, Bruno Lage voltou a salientar a importância de vencer "mais uma final", desta vez na receção ao Vitória de Setúbal, no domingo, a contar para a 29.ª jornada.

"Importância porque se trata de mais uma final. Temos de estar no melhor nível, contra uma equipa com excelente organização, que joga compacta e não sofre muitos golos. Tem nos três homens da frente o verdadeiro perigo. Fora de casa conquistaram alguns pontos e resultados interessantes", analisou.

Bruno Lage não conseguiu evitar falar do avançado João Félix, que 'brilhou' na quinta-feira, ao apontar um hat-trick, tornando-se o jogador português mais jovem a marcar três golos nas competições europeias, superando Eusébio.

"Coloquei muita pressão no João antes do jogo. Disse-lhe que tinha de fazer 10 golos. Fez o jogo que fez, de uma forma tranquila, e quando acabou o jogo passou por mim e disse-me: mister, estou a dever-lhe sete golos. Que tenha mais anos de Benfica e uma carreira ao nível do que o seu potencial indica", revelou.

A terminar contrato com os encarnados, Samaris tem-se destacado no Benfica desde que Bruno Lage pegou na equipa, em janeiro. Contudo, o técnico preferiu não desvendar se o médio grego vai continuar no clube na próxima temporada. "Nos últimos três meses e meio todos têm jogado, começando de início. Estamos satisfeitos com o Samaris, com o Fejsa, com o Florentino e com o Gabriel", limitou-se a dizer.

No domingo, o Benfica, líder da I Liga em igualdade pontual com o FC Porto, ambos com 69 pontos, recebe o Vitória de Setúbal, 11.º, com 31, no Estádio da Luz, às 20.00 horas, num encontro referente à ronda 29 da I Liga.

Mais Notícias