Júlio César: "Prefiro Jesus a Mourinho. Taticamente ele é um absurdo"

O antigo guarda-redes trabalhou com os dois treinadores portugueses no Benfica e no Inter Milão e admite ser fã de Jorge Jesus.

Júlio César, antigo guarda-redes do Benfica, assumiu num programa da GloboEsportes que entre Jorge Jesus e José Mourinho, treinador com quem trabalhou no Inter Milão, prefere o atual treinador dos encarnados.

"O Jorge Jesus foi o melhor treinador com quem trabalhei. Gosto muito do trabalho dele, é diferenciado. O Mourinho foi o auge da minha carreira, foi contratado pelo Inter para ganhar a Champions League e montou uma equipa para ganhar. É um treinador muito bom, mas entre os dois prefiro Jesus... três dedos acima", disse o antigo internacional brasileiro, no programa Caioba Game Show, conduzido pelo ex-jogador Caio e que teve a participação de Roger Flores, antigo futebolista do Benfica.

Júlio César considera que aquilo que distingue Jesus dos outros treinadores "é a forma como ele faz os jogadores entender o jogo". "Taticamente ele é um absurdo, respira futebol 24 horas por dia. Costuma dizer que jogar à bola todos jogam, mas poucos entendem o jogo", sublinhou, recordando que quando chegou ao Benfica aprendeu "muita coisa". "Estava no final de carreira, com 34 anos, e jamais imaginaria que ia aprender", frisou.

O antigo guarda-redes acrescentou que Everton Cebolinha "está muito bem" nestes primeiros tempos como jogador do Benfica e assumiu que irá melhorar ainda mais: "Os jogadores que têm a oportunidade de trabalhar com Jorge Jesus devem aproveitar ao máximo, acho que o Cebolinha está a fazer isso e vai crescer muito técnica e taticamente."

Mais Notícias