Jogador do Rio Ave recusou-se a jogar e ficou de castigo

Matheus Reis queria que as negociações com o Olympiacos fossem rápidas e não quis jogar com o V. Guimarães.

O defesa-esquerdo Matheus Reis está a ser alvo de um processo disciplinar por parte do Rio Ave por se ter recusado a jogar, no domingo, frente ao V. Guimarães, em partida a contar para a 2.ª jornada da I Liga, que terminou empatado 1-1.

O presidente dos vilacondenses esclareceu que o jogador teve uma atitude "inadmissível". "Ele recusou-se a jogar no dia do jogo. Não podemos aceitar. Foi uma surpresa muito grande. Estávamos a negociar o jogador com um clube e ele queria que fosse mais rápido. Eu aconselhei-lhe calma, explicando que estávamos a negociar e que tínhamos de chegar a acordo, mas ele entendeu tomar esta atitude", disse António Silva Campos à Rádio Renascença, confirmando que o jogador brasileiro, de 25 anos, está assim fora das contas do treinador Mário Silva para o jogo de quinta-feira com o AC Milan, em Vila do Conde, a contar para o play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Matheus Reis, que cumpre a terceira época no Rio Ave, chegou a ser associado ao FC Porto, mas está a ser negociado com os gregos do Olympiacos, equipa treinada pelo português Pedro Martins.

Mais Notícias