Guarda-redes que Mourinho quis contratar retirou-se aos 24 anos

Ted Smith foi internacional jovem inglês, em janeiro esteve para se mudar para o Tottenham e agora anuncia que não suporta o stress dos jogos.

Ted Smith, de apenas 24 anos, esteve na iminência de ser contratado em janeiro pelo Tottenham, por indicação de José Mourinho. Só que numa altura em que tinha pela frente uma carreira promissora, decidiu inesperadamente retirar-se do futebol.

"Não era eu. Não desfrutava. Adoro o jogo e o treino, mas a pressão das partidas superava-me. Levei muito tempo a analisar e a tomar a decisão", explicou ao jornal britânico The Telegraph o guarda-redes que até agora representava o Southend, da League One, o terceiro escalão do futebol inglês.

O falhanço das negociações com o Tottenham no último dia de mercado de inverno poderão até precipitado a decisão de Ted Smith, embora nunca o revele na entrevista.

"Eu tentei desfrutar dos jogos, tentei muitas vezes, mas não consegui. Há muito tempo que tenho medo de jogar e não posso apagar isso", explicou, adiantando que o problema era não conseguir lidar com a pressão. "Após os jogos entrava nas redes sociais e via o que as pessoas diziam. 90% das vezes não havia nada, mas apareciam sempre dois ou três comentários negativos depois de um jogo mau e ficava a pensar neles", revelou ao The Telegraph.

A sua decisão de tornar públicos os motivos do seu afastamento do futebol visa ajudar os outros jogadores que têm sentimentos parecidos. "É certo que há mais pessoas nesta situação. Não sei quantas. Espero poder ajudá-los a perceber que há mais vida do que passar pelo stress de um jogo de futebol", adiantou.

Ted Smith fez apenas 32 partidas como profissional de futebol, sempre ao serviço do Southend, clube que assim perde uma das suas grandes promessas, afinal o guarda-redes foi internacional inglês nas categorias de sub-18, sub-19 e sub-20.

"O mais difícil foi assumir perante todos que deixas um trabalho que, afinal, é o sonho de todos", sublinhou.

Mais Notícias