Gil Vicente vence em casa do Vitória de Setúbal e sobe ao nono lugar

O Gil Vicente subiu ao nono lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao interromper uma série de quatro jogos sem vencer, com um triunfo em casa do Vitória de Setúbal (2-1), na 21.ª jornada.

Lourency (43 minutos), Sandro Lima (61) marcaram os golos dos gilistas, enquanto o Vitória de Setúbal, sem vencer há três encontros, ainda reduziu por José Semedo (67).

Com este triunfo no primeiro encontro da ronda, o Gil Vicente subiu ao nono lugar, com 26 pontos, os mesmos do Vitória de Setúbal, que caiu para o 11.º posto.

Em relação à jornada anterior com o Moreirense, os sadinos apresentaram o estreante Montiel (médio espanhol, de 19 anos, cedido pela Fiorentina) e Carlinhos como novidades no onze, enquanto os gilistas, em comparação com o duelo em Braga, promoveram os regressos de Alex Pinto, Baraye, Lourency e Kraev.

Numa primeira parte de muita luta, mas com poucos motivos de interesse, o Vitória de Setúbal levou perigo à baliza dos 'galos' aos quatro minutos, momento em o reforço de janeiro Montiel quase surpreendia Denis na cobrança de um canto direto.

Com um bom preenchimento dos espaços e pressão imediata sobre o adversário com bola, o Gil Vicente, que dificultou muito as saídas dos sadinos para o ataque, respondeu aos 14 minutos quando Kraev apontou um canto na direita e Ygor Nogueira cabeceou à figura do guarda-redes Makaridze.

Com dificuldades em libertar-se da 'teia' construída pela equipa de Vítor Oliveira, o conjunto setubalense só a escassos se acercou da baliza de Denis. Num desses raros lances, aos 39 minutos, Montiel rematou à entrada da área sobre a trave da baliza adversária.

Mais eficaz, o Gil Vicente chegou ao 1-0 por Lourency, aos 43 minutos. Após canto de Henrique Gomes na esquerda, a bola foi desviada pelos gilistas Kraev e Ygor Nogueira no interior da área antes da finalização do avançado brasileiro, que pôs a sua equipa em vantagem no marcador.

Após o intervalo, o Vitória de Setúbal visou, sem sucesso, a baliza de Denis em remates de Montiel e Éber Bessa, aos 47 e 53 minutos, respetivamente.

Mais acutilante nas incursões ofensivas, o Gil Vicente ampliou a vantagem para 2-0, aos 61, num remate forte e colocado de Sandro Lima de fora da área.

Aos 67 minutos, o Vitória de Setúbal respondeu num livre de Éber Bessa que foi desviado de cabeça por José Semedo para a baliza defendida por Denis, que não conseguiu evitar o golo da equipa treinada por Julio Velázquez.

Até ao final, os sadinos foram em busca do golo do empate, mas o esforço não teve efeitos práticos. Com o triunfo em Setúbal, o Gil Vicente alcançou o Vitória na classificação, ambos somam agora 26 pontos.

Mais Notícias