Flamengo abre as portas do Maracanã para a final da Libertadores

O clube de Jorge Jesus quer que os adeptos que não vão ao Peru assistam em ambiente de estádio à final de 23 de novembro frente ao River Plate.

O Flamengo vai abrir as portas do Estádio Marcanã, no Rio de Janeiro, para que os adeptos que não vão a Lima, no Peru, poderem assistir à final da Taça Libertadores com os argentinos do River Plate, no próximo dia 23 de novembro.

A direção rubro-negra vai instalar ecrãs gigantes para que todos possam assistir à partida num ambiente de estádio, naquela que é a segunda presença do clube numa final da Libertadores, depois da conquista da prova sul-americana em 1981, numa equipa onde jogavam Carlos Mozer, Leandro, Júnior e Zico.

O Flamengo já teve autorização da Conmebol (confederação sul-americana de futebol) para que possa realizar o evento, que foi entregue a uma empresa que irá trabalhar a partir de agora para definir a capacidade máxima de público que poderá estar no Maracanã, sendo certo que as entradas serão cobradas, pois além do jogo esta iniciativa terá ainda outro tipo de atividades que ainda estão em estudo.

Esta é uma decisão que deverá ter uma enorme aderência por parte dos adeptos do Flamengo, uma vez que o entusiasmo que a equipa de Jorge Jesus tem gerado é enorme, havendo a expectativa de tratar-se de um jogo que irá ficar para a história do clube carioca.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.