Wolverhampton proíbe jogadores de ir às compras para evitar contágios

"Temos um plantel pequeno e já temos problemas com alguns jogadores que não estão disponíveis", disse o treinador português Nuno Espírito Santo.

O clube inglês Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, proibiu os seus futebolistas de ir às compras incluindo aos supermercados, devido ao risco de contágio de covid-19, revelou hoje (26 de dezembro) o técnico luso.

"Temos de evitar qualquer risco, porque temos um plantel pequeno e já temos problemas com alguns jogadores que não estão disponíveis", realçou Nuno Espírito Santo, na conferência de imprensa de lançamento do encontro contra o Tottenham, de José Mourinho, no domingo.

O responsável sublinhou que os 'Wolves' têm funcionários para tratar das compras, de forma a proteger ao máximo os atletas, numa altura em que uma nova estirpe da covid-19 detetada no Reino Unido preocupa pelo alto nível infeccioso.

O Wolverhampton já tinha tomado idêntica medida durante o primeiro confinamento, entre março e maio de 2020.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG