Paris Saint-Germain oficializa saída de Tuchel. Pochettino na calha

O Paris Saint-Germain oficializou hoje o despedimento do treinador Thomas Tuchel, seis dias depois de a imprensa ter avançado com a informação de que o técnico alemão deixava a equipa de futebol francesa.

O Paris Saint-Germain oficializou esta treça-feira o despedimento do treinador Thomas Tuchel, seis dias depois de a imprensa ter avançado com a informação de que o técnico alemão deixava a equipa de futebol francesa. O senhor que segue, de acordo com a imprensa francesa, deverá ser o técnico argentino Mauricio Pochettino.

"Depois de uma análise aprofundada da situação desportiva, o Paris Saint-Germain decidiu rescindir o contrato de Thomas Tuchel", refere o clube, numa nota publicada na sua página oficial.

No PSG, equipa que esta época conta com o médio internacional português Danilo, Tuchel conquistou dois campeonatos, uma Taça de França, uma Taça da Liga francesa e duas supertaças de França.

O treinador, que tinha assumido o conjunto parisiense em 2018/19, proveniente do Borussia Dortmund, foi também finalista vencido na última edição da Liga dos Campeões, ao perder na final disputada em Lisboa com o Bayern Munique, por 1-0.

Esta época, a equipa é terceira classificada na Ligue 1, a um ponto dos líderes Lille e Lyon, e está nos oitavos de final da Liga dos Campeões, eliminatória em que defrontará o FC Barcelona.

A saída surpresa de Tomas Tuchel acontece após divergências mantidas com o diretor desportivo, o ex-jogador brasileiro Leonardo, nomeadamente quanto a saídas e contratações, e a imprensa avança já que o argentino Mauricio Pochettino, ex-jogador do clube, deverá ser o substituto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG