Papa Francisco oferece camisola assinada a Lionel Messi

O Papa Francisco - grande fã da equipa de Buenos Aires, San Lorenzo - conheceu Messi em 2013, pouco depois de ser eleito Papa.

Lionel Messi recebeu uma camisola autografada pelo Papa Francisco, um fanático por futebol argentino, anunciou a Associação desportiva do Vaticano esta segunda-feira.

O avançado do Paris Saint-Germain, que regressou aos campos no domingo depois de recuperar da covid-19, ofereceu em outubro um kit autografado ao pontífice, através do primeiro-ministro francês Jean Castex.

Numa inesperada troca de camisolas, a camisola amarela do Athletica Vaticana - a equipa do estado do Vaticano - foi oferecida a Lionel Messi pelo bispo francês Emmanuel Gobilliard.

"Messi, um homem de fé, disse-me o quão importante este passo foi para ele. Nós rezámos juntos.", disse no Twitter Gobilliard, que será o delegado da Santa Sé nos Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

A assinatura rabiscada em caneta preta pelo líder da Igreja Católica foi uma "benção" para o sete vezes vencedor da Bola de Ouro, disse a Athletica Vaticana no Facebook.

O Papa Francisco - grande fã da equipa de Buenos Aires, San Lorenzo - conheceu Messi em 2013, pouco depois de ser eleito Papa.

No ano passado, o pontífice partilhou memórias de criança a jogar futebol na rua com uma bola improvisada, que disse ser suficiente para trazer prazer a si e aos seus amigos de infância.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG