Exclusivo Mourinho. Como o "condottiero" conquistou Roma e agora quer erguer a Liga Conferência

O treinador português apurou romanos para uma final europeia, 31 anos depois. Hoje quer fazer história e conquistar o quinto troféu europeu (o terceiro diferente) frente ao Feyenoord. Jornalista italiano conta ao DN como "Mou" conquistou os adeptos.

José Mourinho pode erguer, esta quarta-feira, em Tirana, na Albânia, o quinto título europeu da carreira e ocupar mais um lugar na história do futebol, se a AS Roma vencer o Feyenoord na final da Liga Conferência (20.00, SIC e SportTV). Aos 59 anos, o treinador português pode ser o único a ganhar as três competições atuais da UEFA, depois de ter vencido a Liga dos Campeões (FC Porto, em 2004, e Inter Milão, em 2010) e a Liga Europa (Manchester United, em 2017, e FC Porto, em 2003, quando se chamava Taça UEFA).

Cinco anos depois, Mourinho volta a uma final europeia e nem o terceiro lugar na hierarquia da UEFA da Liga Conferência retira mérito ou valor ao troféu, segundo o jornalista italiano Gabriele Fasan: "É a oportunidade perfeita para ambos. A Roma precisava de Mourinho e Mourinho precisava da Roma para recomeçar e para sonhar."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG