Jorge Jesus afastou Pizzi e colegas recusaram treinar

Treinador não gostou de declarações do jogador no balneário após a derrota de quinta-feira no Dragão

Jorge Jesus afastou Pizzi dos trabalhos do plantel do Benfica, na sequência de palavras do jogador no balneário após a derrota no clássico da última quinta-feira ante o FC Porto no Estádio do Dragão, a contar para a Taça de Portugal (0-3), avançou a CMTV e confirmou O Jogo.

O treinador tomou a iniciativa de pedir o afastamento do atleta, que esta segunda-feira treinou sozinho, à margem dos companheiros de equipa, que segundo o Record terão recusado treinar, em solidariedade com o camisola 21, um dos capitães. Esta revolta motivou mesmo a intervenção​​​​ do presidente do clube, Rui Costa.

Pizzi, 32 anos, aguarda agora novas instruções por parte da SAD, podendo continuar afastado, ser suspenso ou até reintegrado já no treino desta terça-feira.

Depois de sete épocas como titular indiscutível, Pizzi tem perdido espaço na equipa durante a presente temporada, não tendo ido além de 903 minutos distribuídos por 26 jogos em 2021-22.

O Benfica, 3.º classificado da I Liga a quatro pontos dos líderes FC Porto e Sporting, tem agendado para esta quinta-feira (21.00) nova visita ao Dragão, desta vez num jogo a contar para o campeonato.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG