Federação volta a premiar inclusão e combate à discriminação

Organismo liderado por Fernando Gomes vai atribuir 50 mil euros a instituições sem fins lucrativos.

Premiar a promoção da prática do futebol no combate à discriminação e à promoção da integração social de crianças, jovens, adultos e pessoas portadoras de qualquer tipo de deficiência continua a ser uma aposta da Federação Portuguesa de Futebol.

Com o apoio do programa UEFA HatTrick FSR, o organismo liderado por Fernando Gomes lançou a 4.ª edição do Prémio Futebol para Todos para instituições sem fins lucrativos. O valor do prémio, em forma de donativo, tem o valor de 50 mil euros e pode ser repartido por dois ou mais projetos.

O período para a apresentação de candidaturas termina a 17 de dezembro. Os 10 projetos com pontuação global mais elevada serão divulgados no site da FPF e votados pelo público. O peso das escolhas do público é de 20% na pontuação final.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG