FC Porto vence Famalicão com 'bis' de Martinez e junta-se a Sporting e Benfica

Com esta vitória, o FC Porto junta-se a Sporting, Gil Vicente e Benfica

O FC Porto venceu hoje o Famalicão, por 2-1, num jogo da segunda jornada da I Liga de futebol disputado até ao último segundo e no qual Toni Martinez acabou por ser decisivo ao apontar dois golos.

O espanhol colocou os portistas em vantagem durante a primeira parte, com golos aos 13 e 43 minutos, enquanto, no segundo tempo, os famalicenses reduziram aos 56, por Riccieli, e até chegaram a voltar a introduzir a bola na baliza portista já nos descontos (90+4), mas o lance foi invalidado por fora de jogo de Bruno Rodrigues.

O FC Porto, que vinha de uma vitória na jornada inaugural frente ao Belenenses, manteve a consistência do primeiro jogo e controlou a maior parte do tempo a partida com os famalicenses, que somam assim a segunda derrota, depois de na primeira jornada terem perdido em casa do Paços de Ferreira (2-0).

Para este encontro, o técnico dos 'dragões' fez duas alterações no 'onze' em relação ao triunfo frente ao Belenenses. Manafá rendeu Zaidu na esquerda, enquanto Uribe substituiu Sérgio Oliveira no miolo do terreno.

Já Ivo Vieira fez três alterações, com as saídas de Gustavo Assunção (com uma mialgia de esforço), João Neto e Geovani. Penetra, Pepê e Iván Jaime foram opção inicial.

O FC Porto desde cedo assumiu o comando do encontro e, aos 10 minutos, foi dado o primeiro aviso. Depois de um cruzamento de Otávio, Taremi surge oportuno, mas cabeceia ao lado da baliza.

No minuto seguinte valeu a atenção do guarda-redes Luiz Júnior para negar o golo ao FC Porto. Taremi desmarcou Toni Martinez, que rematou de pé esquerdo, obrigando o guardião a uma defesa apertada.

A dupla Taremi/Toni Martinez acabaria por inaugurar o marcador aos 13 minutos, com uma jogada de plena combinação e sintonia entre ambos. O avançado iraniano recuperou a bola a meio-campo e, com um passe perfeito, desmarcou o espanhol, que tirou Luiz Júnior da frente e marcou.

O Famalicão não desmontou e lutou por contrariar a supremacia portista. Aos 35 minutos, esteve perto de empatar. Riccieli ganhou nas alturas e Bruno Rodrigues, à boca da baliza, falhou a emenda por muito pouco.

A equipa da casa continuou a complicar a vida dos 'dragões' e, ainda antes do intervalo, contou mais uma grande oportunidade de marcar. Iván Jaime apareceu solto no lado esquerdo e rematou cruzado, tendo a bola passado a rasar o poste da baliza de Diogo Costa.

No entanto, foi o FC Porto quem conseguiu chegar ao golo. Toni Martinez, que regressa à casa que representou antes de se mudar para o FC Porto, 'bisou' na partida. Otávio desmarcou o espanhol, que rematou por entre as pernas de Luiz Júnior.

Na segunda parte, o FC Porto demonstrou uma enorme quebra de rendimento, que permitiu ao Famalicão subir mais no terreno.

Os famalicenses reduziram por intermédio de Riccieli, aos 56 minutos. Após um cruzamento de Diogo Figueiras, o capitão famalicense, de frente para a baliza, cabeceou para o golo.

O empate esteve muito perto perante a apatia portista, que se apresentava sem soluções para contrariar o crescente rendimento do adversário. Aos 68 minutos, um cruzamento à direita de Bruno Rodrigues deixou a bola para Pablo, que desviou para a baliza, mas Diogo Costa segurou sem grandes problemas.

Já em tempo de compensação (sete minutos dados pelo árbitro), Bruno Rodrigues acaba por marcar, fazendo o empate, para desespero do banco portista. No entanto, o lance acabou invalidade pelo vídeoárbitro devido a fora de jogo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG