FC Porto inaugura estátua de Sérgio Conceição no museu do clube

Espaço dedicado ao atual treinador portista tem todos os troféus conquistados de Sérgio Conceição, como jogador e técnico, e designa-se "Tanto Porto"

O FC Porto inaugurou esta sexta-feira um espaço dedicado a Sérgio Conceição, com direito a estátua do treinador portista, no museu do clube.

Na inauguração, um dia após uma vitória sobre o Benfica no Estádio do Dragão (3-1), estiveram presentes o presidente Pinto da Costa, o administrador da SAD Vítor Baía, o diretor desportivo Luís Gonçalves e o próprio Sérgio Conceição, que tem naquele espaço todos os troféus conquistados como jogador e técnico.

"Sérgio Conceição entrou no FC Porto em 1991 como futebolista em idade de formação. O forte compromisso com o trabalho e um título de campeão nacional nessa fase ajudaram-no a alcançar o verdadeiro espírito de dragão. Por isso, quando chegou à equipa principal, só podia continuar a vencer. A paixão e a ambição de Sérgio Conceição explicam por que razão contribuiu para êxitos que pertencem à história do exclusivo pentacampeonato do FC Porto, ou como também foi feliz e vencedor na histórica equipa de 2003-04, entre outros momentos e conquistas inesquecíveis. A carreira como treinador permitiu-lhe regressar ao clube em 2017-18 e ser logo campeão. Depois? Bem, depois... há mesmo tanto, tanto Porto com dedo do míster Conceição", pode ler-se no espaço, designado "Tanto Porto".

Sérgio Conceição revela vontade de reconquistar "a tal hegemonia que se apregoa no FC Porto"

O treinador da equipa de futebol Sérgio Conceição revelou a vontade de reconquistar "a tal hegemonia que se apregoa" no clube.

"É um momento emocionante para mim, porque me vem à cabeça os meus 15 anos, quando ingressei neste clube. Estar no meio de tantas figuras ilustres que fizeram a história deste enormíssimo clube é fabuloso. Mais do que um reconhecimento, é uma inspiração e motivador", disse à margem da cerimónia.

Sérgio Conceição falou ainda do futuro e da vontade de conquistar mais títulos ao serviço do FC Porto.

"Cheguei depois de um jejum de quatro anos e conseguimos a tal hegemonia que se apregoa no FC Porto, que queremos voltar a ter. Conseguimos outra vez ser muito competitivos, títulos, e agora é continuar. Isto é a partida para mais vitórias e títulos, principalmente", garantiu ainda.

O técnico portista não poupou também elogios ao presidente Pinto da Costa.

"Tenho ambição de dar continuidade ao que tem sido a história deste clube, principalmente na era do nosso presidente. É o mais titulado e o melhor dirigente de sempre. Não digo isto para ser simpático. A forma como lidera o clube é impressionante. Passei por muitos clubes e sei do que falo. Quero ajudar para que continuemos a ganhar e escrever a história deste clube", concluiu.

Pinto da Costa diz que Sérgio Conceição vai bater recorde de longevidade no clube

Na inauguração do espaço dedicado a Sérgio Conceição no Museu do FC Porto, o presidente Pinto da Costa teceu elogios ao técnico da equipa de futebol, que acredita que vai "alcançar um recorde".

"A confiança no técnico não é para apregoar, tem de se mostrar, dando cobertura ao que ele entender ser o melhor para levar o clube às vitórias. O Sérgio Conceição está na quinta época no FC Porto e vai alcançar um recorde que um dia será imbatível: nunca mais um treinador vai estar tantos anos seguidos no clube, para aí uns dez. Como mais nenhum presidente será capaz de estar 40 anos à frente do clube, até porque as pessoas agora são muito menos malucas", referiu o dirigente.

Sobre o espaço dedicado ao treinador, Pinto da Costa revelou que é uma homenagem que demonstra "a importância de Sérgio Conceição na vida do FC Porto".

"Chegou numa altura muito difícil do clube e conseguiu reconquistar títulos, que não ganhávamos há quatro anos. Como se viu ontem [quinta-feira, vitória sobre o Benfica, por 3-1, na I Liga], não há percalço qualquer que seja capaz de fazer tremer a sua determinação e encontra sempre soluções positivas para chegar à vitória. É um anseio que eu tinha há muito tempo", referiu o presidente na cerimónia de inauguração do novo espaço no Museu.

Pinto da Costa falou ainda dos três treinadores que marcaram o seu percurso enquanto dirigente, e onde encaixa também Sérgio Conceição.

"Há três treinadores que me marcaram profundamente: Dorival Yustrich, José Maria Pedroto e Sérgio Conceição. Foram os treinadores com quem mais identifiquei no futebol e na convivência diária. É uma satisfação saber que o Museu do FC Porto fica mais enriquecido e que o Sérgio fica com a convicção de que todos nós reconhecemos o seu mérito e temos todo o gosto em que ele esteja aqui. E tenho muita satisfação em saber que ainda ficará muito mais tempo", terminou.

*com Lusa

Mais Notícias

Outras Notícias GMG