Nove anos depois, Danny deixa o Zenit

O internacional português anunciou esta segunda-feira a saída do Zenit São Petersburgo. Clube agradeceu-lhe em comunicado

"Passei nove anos incríveis neste clube. Joguei sempre com garra, amor e paixão. Vesti sempre esta camisola com orgulho e, por isso, respeito a decisão de não renovarem comigo", escreveu Danny na sua conta oficial no Instagram.

Para o médio, "a despedida não é um fim, mas sim um começo para uma nova aventura", deixando o desejo de "sorte e muitas vitórias" para o Zenit.

Por seu turno, o Zenit agradeceu, em comunicado com o título de "Obrigado, capitão", a entrega de Danny ao longo dos nove anos em São Petersburgo, destacando a "valentia" do médio depois de ter sofrido uma lesão nos ligamentos cruzados.

"É uma lesão que, muitas vezes, obriga um futebolista a abandonar a carreira. Miguel [Danny] voltou. Hoje, é melhor futebolista do que antes da lesão", realçou o Zenit, que destaca ainda no comunicado o facto de o internacional português ter sido "dos poucos estrangeiros que aprenderam a falar russo".

Danny chegou ao Zenit em 2008, proveniente do Dínamo de Moscovo. Ao serviço do clube de São Petersburgo, o médio conquistou três títulos russos, em 2010, 2012 e 2015, uma Taça da Rússia, em 2010, e uma Supertaça europeia, em 2008.

O médio conta ainda com 38 internacionalizações ao serviço da seleção portuguesa.

Mais Notícias