(COM VÍDEO) Loum pede desculpas por desentendimento com Pepe

Em fúria, o capitão Pepe deixou relvado sozinho sem participar do ritual final da equipa. Conceição desvalorizou incidente entre os dois colegas de equipa.

Depois do apito final, quando os jogadores, dirigentes e árbitros confraternizavam no relvado, Loum dirigiu-se a Pepe, cumprimentou-o com toque de mãos e, de repente, o capitão transformou-se. Ficou vermelho de raiva e empurrou o colega de equipa.

Após serem separados por vários intervenientes, o capitão portista saiu mais cedo em direção aos balneários e não integrou a habitual roda que os jogadores formam no final dos jogos.

"Coisas normais do futebol, em que dois jogadores da mesma equipa têm opiniões diferentes", explicou Sérgio Conceição no final. "Já passou, são dois jogadores com caráter e que querem ganhar", concluiu o treinador.

Loum, entretanto, pediu desculpas pelo sucedido com uma mensagem deixada no Twitter "Gostaria de pedir desculpas a todos os fãs do FC Porto, pelo infeliz incidente que ocorreu esta noite. Isso nunca deveria ter acontecido. O Pepe é um irmão mais velho e eu aprendi muito com ele", escreveu Loum, na sua página oficial no Twitter.

"Às vezes o desejo de ganhar em um jogo faz com que algumas coisas lamentáveis aconteçam de um lado ou do outro. Eu sempre fui um modelo de disciplina e devoção no clube e pretendo mantê-lo assim", rematou Loum.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG