Rochinha está "consciente" e "estável", após cair inanimado em campo

Jogador do Vit. Guimarães foi assistido em campo, antes de ser encaminhado para o hospital já consciente. Segundo o treinador, Pepa, o extremo está "estável".

Viveram-se momentos de alguma apreensão esta noite em Guimarães, quando Rochinha caiu inanimado em campo depois de um choque com um jogador do Belenenses SAD, durante o jogo deste domingo, no Estádio D. Afonso Henriques.

Na sequência da marcação de um canto, aos 78 minutos, o jogador do Vitória chocou com Tiago Ribeiro, perdendo os sentidos e caindo desamparado no relvado. O extremo de 26 anos foi assistido durante seis longos minutos e depois de estabilizado saiu de maca debaixo de um gigantesco aplauso e seguiu para o Hospital da Senhora da Oliveira.

"No final ele já estava consciente, acho que já está tudo ok. Foi um susto e queríamos dedicar-lhe uma vitória", revelou o médio vimaranense, André André à Sport TV. Já Pepa anunciou que Rochinha estava "estável", após o lance "assustador".

Tal como aconteceu no Euro 2020, com o dinamarquês Eriksen, os jogadores das duas equipas fizeram um circulo protetor em redor do camisola 16 dos vimaranenses, que tinha acabado de entrar para o lugar de Óscar Estupiñán. O realizador do jogo na Sport TV também resguardou a imagem de Rochinha e não emitiu imagens da assistência médica e repetiu o lance do choque apenas uma vez.

O jogo da quinta jornada da I Liga entre o Vit. Guimarães e o Belenenses SAD terminou com um empate sem golos (0-0). Mas, para Pepa, "foi épico" ganhar um ponto, tendo em conta que acabou o jogo com menos dois jogadores por expulsão de Alfa Semedo e Borevkovic.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG