Otamendi chamado à Argentina e falha final four da Taça da Liga

O central benfiquista, de 33 anos, integra a lista de 27 jogadores chamados pelo selecionador Lionel Scaloni, para a visita ao Chile, a 27 de janeiro, e para a receção à Colômbia, agendada para 1 de fevereiro.

O futebolista do Benfica Nicolás Otamendi foi esta quarta-feira convocado para a seleção da Argentina, com vista à dupla jornada de qualificação sul-americana para o Mundial2022, e vai desfalcar os encarnados na final four da Taça da Liga.

O central benfiquista, de 33 anos, integra a lista de 27 jogadores chamados pelo selecionador Lionel Scaloni, para a visita ao Chile, em 27 de janeiro, e para a receção à Colômbia, agendada para 01 de fevereiro.

Desta forma, Otamendi não poderá disputar a final four da Taça da Liga pelo Benfica, em Leiria, uma vez que as águias jogarão a meia-final, com o Boavista, no dia 25 de janeiro, e, caso vençam os axadrezados, qualificar-se-ão para a final da prova, que se realiza quatro dias depois, em 29.

Otamendi é o único jogador argentino a atuar em Portugal chamado para os próximos compromissos da equipa alviceleste, integrando uma lista na qual se incluem, entre outros, Marcos Acuña (ex-Sporting) e Angel Di María (ex-Benfica).

De fora dos convocados da Argentina ficou Lionel Messi, que não falhava uma convocatória da seleção, por opção, há quase três anos e meio, desde agosto de 2018.

O avançado do Paris Saint-Germain esteve infetado com o coronavírus nas últimas semanas, mas, apesar de já estar recuperado e ter retomado os treinos dos parisienses na terça-feira, acabou por ser poupado por Scaloni.

Quando faltam disputar quatro jornadas da qualificação sul-americana para o próximo Campeonato do Mundo, a Argentina ocupa o segundo lugar, com 29 pontos, menos seis do que o líder Brasil (35) e mais três face ao Equador (26), terceiro colocado.

Brasil e Argentina, ambos já qualificados para o Qatar2022, têm menos uma partida realizada, em virtude do clássico que foi interrompido, em setembro do ano passado, em São Paulo, devido a uma alegada irregularidade de quatro jogadores argentinos nas regras contra a pandemia de covid-19.

Os quatro primeiros classificados apuram-se diretamente para o Mundial2022, enquanto o quinto colocado terá de disputar os play-offs intercontinentais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG