Regras sanitárias ilustradas por autores de BD nas ruas da Amadora

Alguns autores portugueses de banda desenhada, entre os quais o ilustrador do DN, André Carrilho, foram desafiados a ilustrar medidas de prevenção do contágio pelo novo coronavírus e em outdoors na Amadora.

A Câmara Municipal da Amadora desafiou André Carrilho, Nuno Saraiva, Luís Louro, José Ruy, Joana Afonso e Marta Teives "a criar uma ilustração original para vários outdoors espalhados pelo concelho", passando para banda desenhada as medidas de prevenção do contágio pelo novo coronavírus", que provoca a covid-19.

Em comunicado a autarquia informou que foi atribuída a cada autor uma recomendação da Direção-Geral da Saúde (DGS): "André Carrilho aborda o uso obrigatório da máscara comunitária; Nuno Saraiva trabalha o distanciamento social; Joana Afonso recomenda evitar tocar nos olhos, na boca e no nariz; Luís Louro recorda a necessidade de serem evitados aglomerados de pessoas e deixa um repto 'Não seja um Covidiota'; Marta Teives reforça a lavagem das mãos como prática indispensável; José Ruy recorre às emblemáticos personagens de António Cardoso Lopes Júnior, Zé Pacóvio e Grilinho, para exemplificar a etiqueta respiratória."

Esta iniciativa da Câmara Municipal da Amadora, dinamizada pelo festival AmadoraBD, "pretende reforçar a saúde pública, a constante sensibilização da comunidade local e a presença da banda desenhada nos espaços públicos do município da Amadora".

Em julho, a autarquia tinha anunciado que o Festival de Banda Desenhada da Amadora, que se realiza naquele concelho desde 1989, não iria realizar-se neste ano "nos moldes habituais", devido à pandemia da covid-10. No comunicado hoje divulgado, o organismo municipal refere que o projeto dos outdoors se insere "na programação do Festival Amadora BD para 2020, que inclui um conjunto de sessões para transmissão nos canais digitais, nomeadamente conversas com autores de banda desenhada e sessões de lançamento de livros".

"Paralelamente, preveem-se duas exposições para a Bedeteca da cidade, com inauguração no dia 22 de outubro, e o lançamento de um filme documental sobre os 30 anos do Festival", lê-se no comunicado.

Mais Notícias