Kelly Preston, mulher de John Travolta, morre aos 57 anos de cancro da mama

A atriz norte-americana era casada com John Travolta. Foi o ator que deu a notícia através das redes sociais.

A atriz norte-americana Kelly Preston morreu de cancro da mama, informou, no domingo, o marido, o também ator John Travolta. Tinha 57 anos.

"É com o coração muito pesado que vos informo que a minha linda esposa Kelly perdeu a sua batalha de dois anos contra o cancro da mama", escreveu Travolta no Instagram.

"Ela travou uma luta corajosa com o amor e o apoio de muitos", afirmou o ator na rede social, onde aproveitou para agradecer aos profissionais de saúde que acompanharam a mulher no MD Anderson Cancer Center.

Um representante da família disse à revista People que Preston morreu no domingo de manhã.. Afirmou que a atriz optou por manter a sua luta contra a doença em segredo, tendo estado "em tratamento médico há algum tempo, apoiada pela família e amigos mais próximos".

Nascida a 13 de outubro de 1962 no Havai, Kelly Preston estudou teatro na Universidade do Sul da Califórnia. Alcançou popularidade pelo seu papel na comédia de sucesso "Gémeos", de 1988, também protagonizada por Arnold Schwarzenegger e Danny DeVito, e apareceu em dezenas de filmes e programas de TV ao longo de uma carreira de décadas.

Interpretou a ex-noiva do personagem principal da comédia romântica de sucesso "Jerry Maguire", de 1996, que tinha como protagonistas Tom Cruise e Renee Zellweger.

Preston teve uma longa carreira como atriz em filmes e televisão, contracenando algumas vezes com o marido, como em "Campo de Batalha" ("Battlefield Earth"), em 2000.

Preston e Travolta casaram-se numa cerimónia em Paris em 1991, enquanto esperavam o primeiro filho, Jett.

Em janeiro de 2009, Jett Travolta, então com 16 anos, que sofria de doença crónica, morreu na casa de férias da família nas Bahamas.

O casal teve mais dois filhos, Ella Bleu, em 2000, e Benjamin, em 2010.

Travolta e Preston conheceram-se durante as filmagens do filme "The Experts", de 1988, e contracenaram pela última vez juntos em "Gotti", de 2018.

"O amor e a vida de Kelly serão sempre recordados", escreveu Travolta no Instagram. "Vou retirar-me algum tempo para apoiar os meus filhos, que perderam a mãe, por isso perdoem-me antecipadamente se não tiverem notícias nossas durante algum tempo".

Mais Notícias