Este festival é só para idiotas. A ideia é do Alvim

Quáquer pessoa pode participar, a única condição é ter uma ideia idiota. Exemplos? Um sítio que só venda molhos ou uns calções de banho com airbag. A primeira edição do Festival Idiota é esta terça-feira (11) no Cinema S. Jorge

"Chegou o primeiro Festival Idiota. Um festival de ideias para quem não acredita em impossíveis". É este o mote de mais uma ideia que tem tanto de louca como de genial, como nos habituou Fernando Alvim. Todos podem participar com uma ideia (ou mais) que achem que faça falta ao mundo.

"Ideias que podem ser imaginárias, possíveis ou não", explica o radialista e apresentador de televisão. Alvim tem este projeto incubado há algum tempo, se calhar desde que se lembrou do "molhangas": um sítio onde só se venderia molhos para embeber o pão. Esta não será uma das ideias apresentadas - o humorista leva cinco no bolso, como os calões de banho com airbag. Idiotice ou um verdadeiro salva-vidas?

"Em caso de afundamento é um dispositivo que acionado nos calções cria uma boia e tu salvas-te", explica.

O objetivo do Festival Idiota não podia estar melhor justificado. "É [um objetivo] francamente idiota e que passa por nos divertirmos com ideias idiotas mas que até podem fazer todo o sentido", diz.

O festival acontece esta terça-feira, dia 11 de dezembro, entre as 18:00 e as 20:00, e o bilhete custa três euros. A ideia mais idiota - há um júri que irá votar, assim como o público presente - ganha o valor arrecadado na bilheteira.

As ideias (desde que idiotas) podem ser apresentadas ao vivo ou por whatsapp (960 386 272), em áudio ou vídeo. As inscrições são feitas por email (festivalidiota@gmail.com).

Mais Notícias