Daft Punk separam-se após 28 anos

Formada em Paris em 1993, a banda composta por Thomas Bangalter e pelo luso-descendente Guy-Manue de Homem-Christo destacou-se com as suas músicas em que misturavam acid house com elementos de pop.

A notícia surgiu através do último videoclip dos Daft Punk - Epilogue. Nele os dois músicos da banda francesa responsável por algumas das músicas mais dançáveis das últimas décadas, envergando os seus icónicos capacetes de viseiras negras despedem-se um do outro no deserto antes de um deles se auto-destruir.

A separação foi depois confirmada pelo manager da dupla composta por Thomas Bangalter e por Guy-Manue de Homem-Christo (luso-descendente) - após 28 anos juntos, os músicos vão seguir caminhos separados.

Formada em Paris em 1993, a banda destacou-se com as suas músicas em que misturavam acid house com elementos de pop.

O seu álbum de estreia, Homework, é um marco na música de dança. E o seu mais recente trabalho, Random Access Memories ganhou o Grammy pra melhor álbum em 2014.

Os Daft Punk sempre foram discretos em relação à identidade de cada um dos músicos. Em público apareceram quase sempre de máscara no rosto, em particular com capacetes e guarda-roupa futurista, que marcaram a identidade visual do grupo.

O estatuto de estrelas internacionais, com vendas de milhões de exemplares, foi amparado por temas como One More Time e Get Lucky, com a participação do guitarrista Nile Rodgers e Pharrell Williams.

Atuaram em Portugal em agosto de 2006 no festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG