A fotografia de Van Gogh que, afinal, não era dele. E obriga a reescrever a história

Era uma das únicas fotos do pintor holandês. Uma investigação determinou agora que aquele não era Vincent, antes o seu irmão mais novo, Theo.

Foram três anos de investigação, mas as conclusões põem em causa muitos livros da História de Arte. A fotografia de Vincent Van Gogh enquanto jovem não era afinal dele, mas do seu irmão Theo.

Era um dos poucos retratos fotográficos do pintor holandês que nasceu em 1853. Julgava-se que a fotografia era de 1866, quando o artista tinha apenas 13 anos. Afinal era do seu irmão quatro anos mais novo - e foi tirada quando este tinha 15.

A fotografia estava exposta no Museu Van Gogh de Amesterdão, o mesmo que levou para diante a investigação. O diretor da instituição lamentou que se tenha perdido um dos poucos registos fotográficos do autor, mas afirmou-se feliz por a verdade ter sido apurada.

O único registo fotográfico comprovado do pintor é agora um retrato de quando Van Gogh tinha 19 anos. Está também exposto no museu da capital holandesa.

Mais Notícias