PSD chama João Soares e António Lamas ao parlamento

Sociais-democratas querem "esclarecimento cabal" sobre a forma como João Soares demitiu António Lamas.

O vice-presidente do grupo parlamentar do PSD Sérgio Azevedo anunciou hoje a entrega de um requerimento em sede de comissão parlamentar para audições ao ministro da Cultura e ao ex-presidente do CCB, António Lamas.

Segundo o deputado social-democrata, há necessidade de um "esclarecimento cabal" sobre a forma como João Soares decidiu demitir Lamas e nomear para o seu lugar Elísio Summavielle.

A bancada do PSD considera existirem fundadas "dúvidas" relativamente a uma "atitude prepotente" por parte do responsável governamental e ex-presidente da Câmara de Lisboa.

João Soares anunciou, a 26 de fevereiro, esperar a demissão de Lamas quando foi ouvido em comissão parlamentar sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2016, adiantando que, se Lamas não saísse, ele próprio o exoneraria, tendo já uma outra pessoa selecionada para o posto.

O projeto de gestão integrada turístico-cultural do chamado 'eixo Belém-Ajuda' elaborado por uma estrutura de missão chefiada por António Lamas foi o ponto de discórdia e também alvo de críticas por parte do atual elenco da Câmara Municipal de Lisboa, presidida pelo socialista Fernando Medina.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG