Notas violentas do submundo

"Como Cães Selvagens", de Paul Schrader, com Niclas Cage e Willem Dafoe

Deem-se as boas vindas a Paul Schrader, com o seu mais audacioso trabalho dos últimos anos, felizmente distribuído em Portugal.

Baseado no romance Dog Eat Dog de Edward Bunker, Como Cães Selvagens não conta desta vez com a dotada escrita do próprio realizador (célebre pelo argumento de Taxi Driver), mas confere a sua primeira aparição no grande ecrã, como chefe da máfia.

Willem Dafoe, o mais perigoso dos "cães", e Nicolas Cage, com atitude de líder, são as grandes atrações da fita, que ilustra as desventuras de um trio de ex-presos à procura do biscate criminoso mais rentável, para deixarem de vez a má vida.

E o retrato que Schrader nos dá é tão violento - logo na primeira cena - quanto hilariante. As personagens são filmadas na sua escancarada mediocridade, e essa crueza narrativa concede uma inusitada transcendência a cada uma delas.

Classificação: **** (Muito bom)

Mais Notícias