Metropolitana em parceria com o Museu de Arte Antiga

Na temporada de 2016/2017, a Orquestra Metropolitana de Lisboa ensaia uma nova pareceria com o Museu Nacional de Arte Antiga.

O Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, passa a acolher os concertos da Metropolitana que integram a Temporada Barroca.

Após três temporadas realizadas no Palácio Foz, na baixa de Lisboa, a Orquestra sobe às Janelas Verdes do Museu.

Este programa aprofunda uma parceria ensaiada nas últimas temporadas com recitais de música, que se vão manter com a Temporada Barroca.

O protocolo da parceria será assinado no início da próxima temporada, com data e local ainda por definir.

Definida está já a data do primeiro concerto, dia 5 de novembro, juntando-se à Orquestra Marco Magalhães, no cravo, e Aapo Häkkinen, também no cravo e na direção musical.

Os solistas da Metropolitana com Carlos Damas e Jack Glatzer, nos violinos, e Jian Hong, no violoncelo, vão subir ao palco no dia 26 de novembro, às 21.00.

Para o dia 10 de dezembro, pelas 21.00, está esperado o espetáculo da Metropolitana com Sérgio Charrinho, no trompete, e Carlos Damas na direção musical.

A Orquestra acompanhada com Jorge Vaz de Carvalho e Ana Pereira atuam a 18 de fevereiro, pelas 21.00.

Às 21.00 do dia 11 de março, Carlos Damas, Andrei Ratnikov, Jian Hong e a orquestra apresentam o seu espetáculo.

O concerto de Páscoa realiza-se no dia 1 de abril, com a presença da orquestra, do Coro Voces Caelestes, Joana Nascimento (mezzo-soprano), João Rodrigues (tenor), Hugo Oliveira (barítono) e Sérgio Fontão (direção musical).

A 22 de abril, os solistas da orquestra juntam-se com Cristiano Holtz (cravo) para apresentarem Sonatas, Fantasias... .

No dia 13 de maio, Marcos Magalhães atua com a Metropolitana, apresentando músicas de Lully, Rebel e Rameau.

Por fim, no último dia, a 3 de junho de 2017, a Metropolitana com Lourenço Sampaio, jovem músico do ano 2015, o maestro Nicholas Kraemer, dão por encerrada a temporada 2016/2017.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG