Loving Vincent, o filme que dá vida aos quadros de Van Gogh

120 quadros e 800 cartas são o ponto de partida para este filme. E se quiser, também pode ajudar...basta enviar o seu currículo

O legado de Van Gogh dá mote a Loving Vincent, o primeiro filme do mundo a ser feito com recurso a pinturas de óleo, realizado pela pintora polaca Dorota Kobiela, e pelo realizador Hugh Welchman (vencedor do Óscar de Melhor Curta Metragem por Pedro e o Lobo, em 2006).

A ideia surgiu de uma das cartas de Van Gogh, que escreveu ao seu irmão, dizendo que não é possível comunicar sem ser através de quadros. A partir daí, Dorota começou a desenvolver a ideia de um filme biográfico baseado apenas nos quadros do pintor.

Primeiro foram gravadas cenas com atores de pele e osso, como Saoirse Ronan, Aidan Turner ou Jerome Flynn, e de seguida, cada uma dessas imagens foram transformadas em pinturas de óleo, por uma equipa de mais de 100 pintores, seguindo o estilo de Van Gogh. Estima-se que para os 80 minutos de duração do filme, sejam necessárias mais de 62 mil pinturas.

Outra das particularidades deste projeto tem a ver com o facto de qualquer pessoa se poder inscrever para ajudar na produção do mesmo. Para isso basta ir ao site do projeto, em http://join.lovingvincent.com/, enviar o currículo, e quem sabe, não poderá vir a participar na produção deste filme pioneiro.

Loving Vincent ainda não tem data oficial de estreia.

Mais Notícias